Publicado por: adoradorblogueiro | maio 11, 2009

Indiferença Espiritual

Há uma semana decidi procurar uma ajuda pastoral. Sentei junto a uma pastora de minha igreja e expus toda a minha situação descrita nas duas últimas publicações. Não deixou de ser mais uma pessoa que me falou coisas bonitas de se viver, mas que pra mim não surte em efeito algum.

Passeamos pela Bíblia, recebi exortações, ouvi coisas que já não me eram novas e por fim… tarefas! Escrever uma carta para Deus, dizimar 10% do meu dia para Deus; mesmo quando não houver vontade. Ainda não escrevi a tal carta, mas durante dois dias tentei dizimar o meu tempo pra Deus, não passava dos primeiro minutos.

Semana passada teve o privilégio de ser convidado para a gravação do mais novo DVD de Fernanda Brum. Como diz a própria cantora, a gravação teria o foco de ministrar cura emocional, física, renovo espiritual, libertação de mágoas e feridas do passado e do presente. Antes de ir, cheguei a falar com Deus, pedi para que fosse uma noite singular em minha vida e que algo realmente acontecesse. Mas nada aconteceu…

Após a gravação fiquei hospedado na casa duma amiga, uma amiga que já foi aconselhada por mim e tem alcançado frutos maravilhosos, e eu? Continuo nessa… indiferença espiritual.

“Não tenho andado vazio a chorar, mas também não caminho sobre as águas.”

Anúncios
Publicado por: adoradorblogueiro | maio 10, 2009

Onde foi que eu errei?

Mesmo estando nessa indiferença espiritual, tenho procurado seguir o fluxo. Vou aos cultos, escuto louvores, durante o dia tem momentos que falo informalmente com Deus, aconselho vidas, leio algumas coisas na Bíblia e até outros livros que a complementam. Acredita que até trabalhar no Revisão de Vida (antigo Encontro com Deus) e levar vidas para este já estava definido?

Infelizmente minhas vidas deram para trás. Uma por questão financeira, outra por familiar, outra pelo trabalho etc. De certa forma isso me afetou muito. Por mais que eu não estivesse nem nos meus 50%, eu estava fazendo a minha parte. Ainda procuro acreditar que fazendo o movimento, como diz um casal de pastores de minha igreja, irei conseguir romper em algum momento. Também acredito que é melhor assim do que não estar fazendo nada!

Mas se faço nada, nada acontece. Obvio! Mas também, se faço por onde… Nada acontece! Isso me faz voltar a pensar da mesma forma que está exposto na postagem anterior. Como disse a minha psicoterapeuta, deve ser muito ruim estar na igreja durante todos esses anos e não viver, apenas vegetar. Onde foi que eu errei?!

Publicado por: adoradorblogueiro | abril 19, 2009

A máscara caiu

Queridos leitores, já faz um bom tempo que eu não publico nada de novo por aqui. Mas existe uma explicação, eu não tenho vivido nada novo. Melhor dizendo, eu não tenho andando em novidade de vida. Melhor ainda, nunca andei. Tudo o que eu já vivenciei em Deus, hoje eu considero como simples emoções… Mais nada do que isso.

Aquele adolescente que aceitara a Jesus aos seus 11 anos de idade, nem sabia o que estava fazendo. E partir daquele dia, ele passou a ir aos cultos, se envolver com ministérios de uma igreja, como se ele estivesse se escondendo, fugindo de seus problemas. Era como se ele estivesse colocando em si mesmo uma mascara. Além disso, fazia bonito para o seu pai, para os seus avôs e para tentar convencer sua mãe de se converter – quando ele mesmo não havia realizado isso genuinamente.

Houve um desgaste, e a vida daquele rapaz não era mais a mesma. Sempre foi muito inteligente, amigável, bem humorado, divertido… Mas a separação de seus pais havia mudado completamente o modo de ser dele. Ao olhar pra trás, bate uma saudade nos momentos que ao menos aparentávamos ser uma família feliz. Os presentes, as viagens, os endereços por onde moramos, e as reuniões com amigos e familiares.

Tentando analisar toda essa história por fora, ainda não me considero feliz. Tive meu batismo, tanto no Espírito Santo quanto nas águas. Pude experimentar o que era um Encontro, o que era um Congresso de Louvor e Adoração, ministração em outras igrejas, a arte de evangelizar e cuidar de “ovelhas”.

Hoje minha mãe está firme na mesma igreja que eu congrego. Pude vê-la ir e voltar de um Encontro com Deus e presenciei o seu Batismo, a sua primeira participação na Santa Ceia. Mas isso pra mim acaba se tornando um peso. Porque antes eu ia em função do meu pai, e agora da minha mãe – temendo que ela possa “cair”. Mas quando irei por mim mesmo?

Se pra mim, tudo o que eu vivera fora somente uma mera emoção. Se pra mim, a minha vida antes era mais feliz, o que eu faço hoje numa igreja, sustentando uma Bíblia em minhas mãos e respondendo que sou evangélico quando me perguntam de qual religião eu sou?

Muitas pessoas têm me aconselhado a não parar, a nunca parar de lutar, a continuar seguindo em frente. E elas têm me falado coisas muitos bonitas de se ouvir, muito interessantes e até úteis. Mas acontece que eu não sei se é isso o que eu quero pra minha vida.

Orar, jejuar, interceder, adorar, glorificar, louvar, ler a Bíblia, ter intimidade com Deus, evangelizar, ministrar… Enfim, pra mim é muito mais confortável e menos desgastante eu viver a minha vida normalmente. Não sinto a vontade e nem a necessidade de conjugar todos estes verbos citados acima.

Se Deus realmente existe, se Ele realmente tem sonhos e propósitos a serem realizados e cumpridos em minha vida, que não passe de hoje a chance dEle me falar algo definitivamente concreto e real. Pois eu já cansei de orar e não ouvir nada e nem sentir nada. Cansei de ler a Bíblia e não encontrar nada que me impacte de verdade. E cansei de ouvir mensagens e louvores bonitos que me causam efeitos instantâneos.

Tantos “adoradores” e ministros da Palavra de Deus testemunham experiências impactantes, tremendas e sobrenaturais com Ele, e porque eu nunca tive?

O que leva Ludmila Ferber a falar do Espírito Santo de Deus como se Ele fosse mais real se Ele não é de carne e osso? O que leva a Ana Paula Valadão falar tantas coisas e fazer tantas coisas loucas ao olhar humano? O que leva o Pastor Silas Malafaia ter toda aquela garra e coragem de falar um monte de “verdades” e conduzir muitas vidas? Eles e outros são os privilegiados e eu faço parte duma minoria que só ouve e não muda? Isso me faz o que? Nada! Sinto-me parte de um público que sempre estará cabisbaixo e terei que pagar ou comprar algo destes para me reanimar e assim proporcionar a tal prosperidade para eles.

Queria poder amar a Deus e ter um relacionamento fiel com Ele. Queria poder não somente pregar, mas também viver as verdades ministradas. Mas, não tem sido assim durante 12 anos… Quando vai ser? Ou não será nunca?

Publicado por: adoradorblogueiro | março 21, 2009

A Cabana

Estou ainda bastante sensibilizado com o livro que acabara de ler. Demorou, mas conseguir lê-lo no momento em que deveria. Não estou falando de nenhum livro grande e com linguagem complexa. Na verdade é um livro que pode ser lido até mesmo em apenas um dia, no máximo 3 – depende do ritmo de vida de cada um. No meu caso, foi por conta da preguiça mesmo. Costumo ler e não terminar… Dificilmente eu termino de ler o que começo.

Trata-se do livro “A Cabana”. Quando comentava com outras pessoas que estava lendo este livro, muitos diziam sem interesse: “Ah, já ouvi falar… é um tanto macabro, não acha?”. Pra ser sincero, é um dos livros que mais gostei de ler.

O contexto do livro não será revelado por mim, até porque no final deste está um projeto. Trata-se do Projeto Missy, onde o autor recomenda que quem teve a oportunidade ler o livro, que o recomende para seus amigos e dê de presente para alguém que ama ou até mesmo para um desconhecido. Com certeza, é mais do que um ato de presentear, mas sim de mostrar o amor e o cuidado de Deus, tanto para quem já O conhece quanto para aquele que ainda não O viu.

Existe a possibilidade deste livro se tornar um filme, o meu receio é de que não sejam fiéis ao que fora escrito – sempre fogem do contexto quando se fazem um filme de um livro. Se forem fieis apenas na mensagem principal, estarei satisfeito. De qualquer forma, para que isso aconteça é bom que você faça a famosa publicidade boca a boca; leia e indique, leia e presenteie.

a-cabana-livro

Publicado por: adoradorblogueiro | março 2, 2009

Nunca pare de…

Contar os seus milagres. Por mais que aos olhos naturais eles ainda não estejam diante dos seus olhos e nem a caminho, procure trazer a existência àquilo que ainda não existe por meio da sua fé. É no não parar que nós descobrimos o quanto temos forças e o quanto temos fé em Deus. Essa palavra foi ministrada no culto de ontem, onde se deu pré-início a campanha “Semeando Milagres”, que se iniciaria na próxima sexta-feira e terminará no domingo. E essa palavra foi confirmada por Deus em minha vida, e na vida de muitas pessoas, pela Cristina Mel na Rádio 93 FM. Antes da Rádio tocar a canção “Milagres”, ela deixou essa mensagem para todos os ouvintes. Eu não sou de ouvir rádio, e quando ouço não é apenas para ouvir, e sim para receber. Até que essa realidade mudou, meu primo me deu um som que até tem entrada pra Pen Drive e Cartão de Memória. Estamos aproveitando ao máximo. Até nisso Deus foi fiel. Minha mãe ficou pensando como iria ouvir seus CDs. Tem sido dias “anestesiantes”. Ainda não acordei, de fato. Vimos pra cá no domingo, não tive uma noite muito confortável de sono. Até se acostumar em dormir num lugar novo… Demorou. É vizinho andando pra lá e pra cá, praticamente, na sua cabeça. É cachorro poodle latindo por causa do gato – alias, nunca vi tanto poodle em minha vida! Estou quase virando pastor de tantas ovelhinhas (risos). Eu não estranhei somente ao dormir aqui, mas também ao andar por este sub-bairro, o qual eu já morei por mais de 10 anos. É estranho você sair daqui e ir ao Hipermercado fazendo um novo trajeto. E na hora de dizer para o taxista aonde você quer que ele te leve? Você acaba se confundindo… Se não fala o endereço antigo, mistura os dois. Tem sido engraçado. Ontem fomos à Igreja, quase caindo de sono, mas fomos. Afinal, precisávamos testemunhar e precisávamos agradecer ao Senhor em Sua casa. Um dos motivos que nos trouxe pra cá foi à proximidade entre o apartamento e a igreja, e não ia ser ontem que iríamos deixar de ir. E não nos arrependemos, foi sobrenatural. Sempre nos bate uma incerteza. “Será?”. Mas aí Deus sempre vem, e confirma em nossos corações que estamos no caminho certo. Eu me lembro de minha mãe dizendo, um pouco triste, de que iríamos entrar com o que tínhamos. Que mesa, jogo de sofás e o que mais faltasse, iria vir com o tempo… Mas não! Deus moveu o coração de muitas pessoas para nos abençoar. Fez brotar água da rocha… Ou melhor, dinheiro na conta. E tantos outros milagres que eu teria que voltar ao tempo para me lembrar de todos! É a glória da segunda casa. Engraçado que eu disse pra minha mãe que agora eu sei o que é Rio de Janeiro. Aqui temos uma visão privilegiada, coisa que não tínhamos quando ainda morávamos aqui antigamente. É nos mínimos detalhes que Deus manifesta os Seus sinais. Por isso, nunca pare de sonhar os sonhos de Deus pra sua vida. Porque quando você sonha os sonhos de Deus, os seus são realizados em Seu Tempo. E o resultado daquele sonho, que antes estava no papel e agora é real, é surpreendente. O nosso Deus promete e cumpre. O nosso Deus não falha. O nosso Deus é muito bom. O nosso Deus é fiel. O nosso Deus te ama, e quer o melhor pra sua vida. Nunca pare de lutar, nunca pare de contar os seus milagres. Que o nome de Deus seja glorificado em sua vida!

Publicado por: adoradorblogueiro | fevereiro 14, 2009

Esperei com confiança

atgaaacqfaqq2vql8lxybilctms7fihiazaxkntxkydmd9-cryqmx0xjtorjpzqenrbo1kaz2zjwusnpsymvgcd12sqzajtu9vdvqbrckynjufm1k9lbjuhuug-img

Hoje, pela manhã, acordei muito ansioso. Fácil ler e difícil viver aquilo que Deus nos adverte em Sua Palavra: “Não andeis ansioso por coisa alguma” (Filipenses 4:6). Já iriam se completar dois meses de espera na locação do tão sonhado apartamento. Praticamente, todos os dias, eu ligava pra imobiliária procurando saber uma conclusão do contrato. O que era pra ser concluído em 72 horas demorou um mês e treze dias. A justificativa era de que o imóvel não tinha apenas um proprietário, e sim cinco! E pra colher a assinatura deste quinteto não foi fácil. Confesso que nem acreditei quando liguei pra imobiliária e me disseram que o contrato havia sido concluído e que eu poderia tomar posso das chaves. A ansiedade se foi embora, com ela também o estresse, o medo e a “frustração reserva” caso algo desse errado. Muitos foram os ventos contrários para que eu não tivesse alcançado a realização deste sonho. Isso me trouxe grandes aprendizados. Você nunca irá manusear algo desconhecido sem antes ler o manual de instrução, correto? Obvio que isso não é seguido por muitos, mas deveria. Deus quer nos ensinar antes, Ele nos quer apresentar a teoria pra ser aplicada na prática. Não é em vão que temos a Bíblia. Falando em Bíblia, o Salmo 40 é muito especial pra mim. As três primeiras palavras dele já me impactam: ESPEREI COM CONFIANÇA. Tive que registrar isso em foto! Coloquei sobre a Bíblia as quatro chaves do apartamento bem próximas a este versículo. Deus é fiel, irmãos. Deus é fiel! Eu não sei qual é a sua expectativa quanto aos milagres que Deus tem pra sua vida. Mas eu te convido hoje a lançá-las no altar do Senhor. Expectativas demais podem vos render frustrações. Deus nos surpreende. Nunca se esqueça disso. Sei que errei muito na espera deste apartamento. Muitas vezes me via ansioso, nervoso e preocupado. E pra que isso? Deus estava no controle da minha vida! Mas me deixei levar pelas minhas emoções e pensamentos. Somente precisamos viver cada dia duma vez. Sem se preocupar com amanhã. Planejando, sonhando e construindo. Mas se preocupar? Jamais! Enquanto vivemos cada dia duma vez, o Senhor cuida de nós. E é aqui que Ele nos surpreende. Não somente em nos dar infinitamente melhor do que havíamos imaginado, mas já no cuidar de nossas vidas, nós já somos surpreendidos. Está vendo como Deus está presente nas mínimas coisas? Espero que o Senhor aquiete o seu coração. Que você possa esperar nEle, somente nEle, depositando toda confiança nAquele que é fiel pra cumprir o que lhe prometeu. Ame ao Senhor, independente do sim ou do não que receber dEle. Saiba que os planos de Deus são maiores, melhores e mais nobres de tudo aquilo que você possa ter planejado. ESPERE COM CONFIANÇA.

Publicado por: adoradorblogueiro | janeiro 27, 2009

A nova mineira

Ela já deve estar a caminho de Minas Gerais. Minha grande amiga está deixando o Rio de Janeiro para estudar Louvor & Adoração no CTMDT. Ela é quase uma Abraã (risos). Saiu da Tenda, olhou para o céu e viu sua descendência nas estrelas, e saiu em direção a Terra que o Senhor lhe mostrou.

Não foi somente ela que abriu mão de sua casa, de seus pais, de seus amigos e de sua vida aqui no Rio… Nós também tivemos que liberar a vida dela, e assim profetizamos que ela irá crescer muito, aprender e colocar em prática tudo aquilo que o Senhor ministrar na vida dela.

E e aí está um momento marcante do culto deste último domingo, onde a Bispa Núzia e o Pr. da Rede de Jovens consagraram a vida da Dani junto ao pai dela. Te amo, Dani! Saudades!

dani-003

E se você quiser acompanhar o dia a dia desta adoradora no CTM, é só acessar o blog pessoal da Dani Cappelli – Getting older.

Publicado por: adoradorblogueiro | janeiro 24, 2009

Everything

Músicas, vídeos, blogs e novidades. Ultimamente tenho me focado em coisas novas. E como este é um dos meus espaços na web, quero compartilhar com todos.  E o que é bom pra mim eu quero compartilhar com todos!

Música > Sou bem eclético nessa área. Confesso que sempre houve uma resistência quanto ao gospel internancioal, e quem quebrou esta barreira em meus ouvidos é a banda Jesus Culture, da Bethel Church na Califórnia. Quem lidera a banda é Kim Walker.

kim1

A voz dela é bem diferente de tudo o que eu já ouvi no meio gospel – doce e agressiva ao mesmo tempo. Secularmente falando o estilo é a la Alannis e a voz semelhante a de Joss Stone. Vale lembrar que Kim possui CD solo, o qual é melhor ainda (unção dobrada, eu diria). No YouTube existe um vídeo da canção ‘He Loves Us’, do Jesus Culture, que não pode faltar nos seus vídeos favoritos do orkut (risos).

Blog > Quem antes já se dava bem com as palavras, e agora compartilha com todos, é Dani Cappelli.  Uma grande amiga minha, que contou com o meu apoio para a criação de um blog pessoal – Getting older. Nele, Dani traduz para a web as suas experiências com Deus, e também compartilha com nós, internautas, o seu dia-a-dia no CTMDT (Centro de Treinamento Ministerial Diante do Trono). Adicione este blog em seus favoritos, comente e recomende, e guarde bem este nome. Certamente você o ouvirá muito pelas nações.

blog

Novidades > É com muito orgulho que eu apresento pra vocês um dos meus primeiro trabalhos de 2009 que está me rendendo muitos elogios. Eis aí a arte para o Batismo nas Águas.

batismo

E também quero apresentar a todos uma dupla da pesada. Meus amigos Caíque Oliveira (líder da Cia. de Teatro Jeová Nissi) e Adriana Moraes (mais conhecida como Morango). Amo vocês!

trio

Pra terminar… espero que tenham gostado do novo visual do Blog. Afinal, depois de um ano no mesmo layout, mudar é preciso. See ya!

Older Posts »

Categorias