Publicado por: adoradorblogueiro | outubro 13, 2007

Aquele sonho não é meu

Desde que eu voltei para os caminhos de Jesus em Fevereiro deste ano, o Senhor me deu uma grande missão, a de estabelecer um tempo de unidade entre aqueles que um dia estiveram comigo e neste estar pregar a Palavra, já que eu não fiz isso durante os meus 10 anos de evangelho.

Hoje eu me encontro em uma igreja que não apenas quer ganhar almas, mas sim querem amar estas almas e cuidar, ensinar… E por ser uma igreja pro ativa neste sentido, às vezes eu já cheguei a me frustrar por eu não ter levado ninguém na minha igreja, na célula que vou, nos eventos que são realizados.

Eu sempre fui uma pessoa muito comparada ao imã, às pessoas se achegam a mim de uma forma, que em pouco tempo se há um ótimo relacionamento. Mas eu não quero mais ser amigo de pessoas que já são cristãs, que já conhecem a Palavra… Jesus veio para os pobres, para os doentes, órfão e viúvas. Eu entendo que eu não posso viver dentro de uma igreja confortável, tenho que sair das quatro paredes.

Graças a Deus, além de reconhecer isso, muitas coisas foram tratadas em minha vida. Aquele Diego que era muito tímido, que vivia um evangelho egoísta e que não suportava cultos e projetos missionários e evangelísticos… morreu! Hoje eu quero falar do Seu amor, quero pregar, quero evangelizar, quero também orar e ajudar… ser útil na casa e na obra de Deus, esta é a verdade.

Esta semana eu estava andando pelas ruas e eu tive uma visão, de que eu estava ministrando em um lugar cheio de pessoas e depois de ministrar a canção “Eu quero mais” da Comunidade Internacional da Zona Sul, eu cai de joelhos e começava a chorar. Tinha ouvido Deus me dizer o seguinte:“Realmente Meu filho, suas palavras foram muito bonitas, os músicos não erraram uma nota e você nem se quer errou a letra. Ah! E a sua postura e as palavras ministradas entre um trecho e outro também foram muito bonitas… mas não é isso que Eu e o Meu povo precisamos. Eu quero uma verdadeira adoração e verdadeiros adoradores. E assim como você estava cantando, eles querem mais de mim. Levanta-te e me adore de todo o seu coração, como você nunca adorou”.

Depois que esta visão se apagou da minha mente, realmente eu não sabia em que ponto da Ilha do Governador eu estava, fiquei sem rumo! Mas depois disto, muita coisa ficou clara pra mim. Às vezes as pessoas me perguntam porque eu não canto mais, porque eu ainda não estou no ministério de louvor da minha igreja, e eu simplesmente respondo:“É um processo!”.

Adorar a Deus é algo muito sério, principalmente se você fizer isto diante de outras pessoas, porque adorar a Deus é mais que cantar… subir em um púlpito, pegar o microfone e ministrar, cantar, louvar e adorar de qualquer forma é se lembrar das pessoas que no antigo testamento eram mortas ao fazerem algo santo sem estarem santificadas.

Isso não quer dizer que eu seja a pior pessoa do mundo, mas também não quer dizer que eu seja a melhor. Servir a Deus é muito difícil! Não é de natureza humana ler a Bíblia, não é de natureza humana dobrar os seus joelhos e orar… O ser humano em seu egoísmo se acha muito sábio, então pra que ele irá ler a Palavra? O ser humano se acha às vezes tão bom, que acha inútil se ajoelhar e pedir a Deus perdão por cada pecado, porque se ajoelhar é se humilhar, e quem hoje em dia quer se humilhar?

A verdade é esta. Você se assustou? Não faça isso, porque tanto você como eu somos carne, ser humano. Hoje pela manhã ocorreu em minha igreja um seminário, onde o Espírito Santo me disciplinou de uma forma que doeu, mas me curou! E eu pensei tanto em ir ou não… às vezes eu me frustro por Deus não falar comigo de forma sobrenatural como Ele fala com tantas pessoas, mas hoje eu entendo que o que Ele quer falar comigo é simples. Eu me frustrava pelo fato de ter tanto tempo de crente e não ter ganhado uma alma pra Jesus, mas eu não estava preparado!

Deus usa, pela misericórdia usa até ímpio. Mas por acaso está no coração de Deus que nós devemos ser usados só pela misericórdia? Não! Devemos nos esvaziar de nós mesmos, nos encher de Deus ao ponto de transbordar e inundar aqueles que estão em nossa volta.

Hoje foi um dia também de confirmação.  Como eu disse no início, arde em meu coração ir ao encontro daqueles que estiveram comigo e do Seu amor eu nunca falei. É uma missão, mas mais do que isto, é um desejo! E Deus tem preparado o caminho, tem levantado pessoas, tem me reaproximado de filhos Seus dentro da minha igreja que estarão do meu lado.

Em relação a não ter uma alma ganha, sabe o que eu penso hoje? Deus não me dará só uma, mas muitas, através do que Ele tem colocado no meu coração. De primeira eu até pensei que era algo de minha mente, mas não, foi da mente de Cristo para a minha. Aquele sonho não é meu… é de Deus, e eu vou!

A minha missão pessoal é amar e despertar amigos e povos de outros países para que tenham o conhecimento de Deus e O adore e O louve!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: