Publicado por: adoradorblogueiro | janeiro 20, 2008

Quero ser um peixe grande

Há muitos anos atrás, quando eu não me interessava por ler, meu pai chegou pra mim com um livro simples e de poucas folhas que se aprofundava mais no contexto livro de Jonas, presente no Antigo Testamento. Conclusão, nem peguei o livro pra ler a introdução ou sinopse… Deve ter sido pelo fato de eu ser muito detalhista e ter achado a capa feia, as fontes desapropriadas ou alguma coisa do gênero.

Sobre Jonas muito pouco se ouvi pregar, e quando ouvia era sempre a mesma base de texto, o mesmo desenvolvimento… E por fim, a mesma conclusão. Das vezes em que preguei eu sempre gostei de ser bem exótico, ao invés de falar de Saulo falar de Anamias, ao invés de falar de Jonas falar do peixe grande, e assim por diante… E nesta última semana me despertou o desejo de estudar o livro de Jonas, embora eu não tenha mais acesso aquele livro complementar. Aperte o cinto e let’s go!

“Vou destruir vocês por causa de sua grande maldade: seus pecados são tão horríveis que chegam até a cheirar mal. Daqui do céu eu vejo tudo o que acontece!”
(Jonas 1:2b).

Você teria a ousadia de falar isso para algum amigo seu ou para algum desconhecido? Ou melhor… Teria você coragem de falar isso para uma grande cidade? Ao mesmo tempo em que é uma pergunta que causa reflexão é uma pergunta que te causa um medo. E medo foi o que Jonas sentiu ao ouvir isso do Senhor, Ele queria que Jonas fosse à grande cidade de Nínive e anunciasse a seus habitantes esta mensagem. Ao ler isso eu me lembro de tantos homens que de primeira se acovardaram ao receber uma missão do Senhor: Moisés, Noé… Mas de todos, com certeza Jonas foi o mais medroso.

Já assistiu aqueles desenhos onde o personagem se enfia dentro de uma caixa, é enviado pelos correios, chega do outro lado do mundo, navega, corre, dirige, se enfia em uma caverna e mesmo assim acabam o achando? Assim foi com Jonas. Ele tentou se fugir dos olhos do Senhor, mas se você reparar bem no versículo o qual eu iniciei esta mensagem irá ler o seguinte: “Daqui do céu eu vejo tudo o que acontece!”. Acredito que, em meio a tanto desespero, Jonas nem percebeu a dimensão destas palavras.

Jonas também não percebeu na tamanha proporção que estava tomando a desobediência dele para com o Senhor a partir do momento em que ele ia deixando de cumprir o que lhe foi designado. Houve um momento em sua “viagem de fuga” que ele estava dormindo tranqüilamente em um navio onde os marinheiros estavam desesperando, por todos estarem à beira de um naufrágio. Com isso começaram a se desfazerem em alto mar tudo aquilo que eles tinham, ou seja, entendemos que estes homens estavam vazios e sem nada começaram a clamar por seus deuses.

Quantas vezes você já esteve no mesmo barco com pessoas à beira de um naufrágio, onde todas elas estão vazias, onde todas elas estão recorrendo a outros deuses ao invés de recorrerem ao único e verdadeiro Deus e você está dormindo tranqüilamente em uma zona de conforto que nada mais é um porão? Creio que não seja este o lugar que o Senhor quer que você esteja e muito menos nesta posição.

Aqueles marinheiros chegaram ao ponto de tirarem a sorte pra ver quem seria lançado ao mar… E Jonas era responsável por cada uma daquelas vidas. E eu quero dizer que você também é responsável por cada vida que passa pela sua vida. A Bíblia Sagrada é bem clara quando nos diz que todos nós somos responsáveis pelo sangue de cada vida que passa pelas nossas vidas. E quando elas não são lançadas ao mar, nós somos assim como diz mais adiante no livro de Jonas. Nós vemos que o capitão foi até o seu encontro e os marinheiros o escolheram para ser lançado ao mar e estes lhe fizeram muitas perguntas. Quem é você? De onde você vem? Qual é a sua origem? (…). Ôôu!

Um filho de Deus sempre é reconhecido por ter um olhar diferente, uma forma peculiar de falar, de agir… Por qual motivo Jonas não fora reconhecido desta forma? Obviamente havia algo errado com ele. Jonas mesmo reconheceu que tudo aquilo estava acontecendo por ele ter sido desobediente e quem está na chuva… É pra se molhar. Acabou que Jonas foi lançado ao mar. Com isso vemos que chamado, conhecimento e multidões lhe seguindo não quer dizer absolutamente NADA! Se a obediência, se a submissão não estiver presentes antes de qualquer coisa o mar certamente irá engolir todo o chamado, todo o seu conhecimento e todos os que te seguem.

Graças a Deus que Ele é bom. No final do primeiro capítulo do livro de Jonas vemos que ao ser lançado ao mar toda a tempestade cessou e assim todos aqueles que estavam a bordo reconheceram a Deus e assim o adoraram… A Palavra de Deus JAMAIS volta vazia. Eu creio que no momento em que Jonas confessou a eles quem ele era, de onde ele veio, Quem o enviou e o que estava acontecendo, a semente foi lançada… Mas não poderia ter sido melhor? Eu acredito que já disse isso em alguma publicação antiga, mas volto a repetir que ser usado por Deus é muito bom. Mas, melhor ainda não é ser usado a partir do momento em que você se dispõe a isso, do que ser usado pela misericórdia?

“Mas, o Senhor tinha levado até aquele lugar um grande peixe para engolir Jonas. E durante três dias e três noites, Jonas ficou lá dentro”
(Jonas 1:17)

 Além de ser o último versículo do capítulo 1 do livro de Jonas este versículo é na verdade um “versículo-chave” para o foco da mensagem.

Porque um peixe? Alias, porque Jonas teve que ir parar logo dentro de um peixe? Peixe é um símbolo do Cristianismo. A palavra peixe, em grego, é IXTIS, cujas letras são iniciais da frase “Jesus Cristo, Filho de Deus, O Salvador”. Jesus só se manifestou em forma humana no Novo Testamento, mas até então se manifestava por meio de sarça ardente, entre outras tipologias simbólicas do Antigo Testamento e Jonas é um livro do Antigo Testamento. Entendemos também que Jonas fora lançado ao mar. Pesquisando sobre o mar eu descobri que um dos seus significados é “grandes lagos salinos que não tem saída natural”. Resumidamente, Jesus (o peixe grande) trouxe pra dentro de si mesmo a pessoa de Jonas, o qual estava em um lugar sem saída natural (o mar). Aham!

Essa mensagem é uma mensagem que causa uma profunda reflexão. Reflexão que leva a auto-avaliação, arrependimento, confissão e quebrantamento. E Jonas passou por tudo isso ao estar dentro de Jesus, ao estar dentro daquele peixe grande, porque ali dentro ele pôde ver o coração dAquele que clama e chora por almas, por salvação, por vidas… Recomendo a todos a leitura do livro de Jonas, porque é um “antes e depois” muito interessante e muito atual na vida daqueles que sentem medo e que estão paralisados de alguma forma. Como já dizia o Bispo Robson Rodovalho: “A obediência gera resultados”. Certa vez eu aprendi que devemos ser simplesmente como Jesus é, e se Ele foi um peixe grande, eu também quero ser… Quero estar nos lugares onde não há nenhuma saída natural e levar todos aqueles que hoje estão desviados, mornos e fracos de encontro ao meu coração fazê-los sentir novamente o que é um coração movido pela compaixão e assim os enviá-los para a realização daquilo que já lhe foram designado pelo Grande Estrategista, “Jesus Cristo, Filho de Deus, O Salvador”. Vamos lá, peixes grandes! Vamos à busca dos Jonas!

Anúncios

Responses

  1. “E eu quero dizer que você também é responsável por cada vida que passa pela sua vida.”
    Ontem pela Noite, estava no ArenaJov… E derrepente uma vida passou pela minha vida, por incrível que pareça eu nem o conhecço, é amigo de um amigo!
    Mas eu “também sou responsável por essa vida que passa em minha vida”!
    (acho que tu irás entender!)
    Bom a História de Jonas é maneirinha neh… eu num conhecia muito, só sabia que ele foi engolido por um peixe… Mas me pareceu ser interessante!
    “Abraço Di Gostei do que li!”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: