Publicado por: adoradorblogueiro | abril 12, 2008

CLAMOR POR SANTIDADE

Amigos, que palavra… Já faz um tempo em que conheci e passei a admirar o ministério de um jovem canto de Belo Horizonte, ao final desta postagem vocês poderão conferir o nome deste tal jovem, e por favor, pesquisem sobre o testemunho dele, adquiram o seu CD e sejam tremendamente abençoados assim como eu fui. Que esta palavra seja um divisor de águas em sua vida. Simplesmente receba!

Publicado em: 10/11/2007 pelo site http://www.henriquegandra.com/

Quando recebemos o Senhor Jesus como nosso Senhor e Salvador, recebemos também em nós o Espírito Santo, passamos a contar com o consolador, com o Emmanuel, Deus conosco, Deus em nós. A partir daí tudo em nossas vidas fica diferente, adquirimos a visão espiritual acerca de tudo que nos rodeia, principalmente acerca de nós mesmos, no que diz respeito à nossa conduta, à nossa novidade de vida. Passamos a ter, acredito eu, o maior desafio e o maior benefício da vida com Cristo: a Santidade.

O que é a Santidade?

Santidade significa: separação total a Deus, dedicação total a Deus, vem de sagrado, consagrado.

Santidade é o clamor do coração de Deus para o seu povo desde a Antigüidade até os dias de hoje.

Levítico 11:45 – porque Eu sou o Senhor, que vos faço subir da terra do Egito, para que eu seja o vosso Deus, e para que sejais santos; porque Eu sou Santo.”

Deus tirou o povo do Egito para que Ele fosse o seu Deus, e para que o povo fosse santo, porque Ele é santo.

Deus nos tira das situações de escravidão com a finalidade de se tornar nosso único Senhor e imprimir em nós o seu caráter, imprimir em nós suas características. O desejo de Deus é que todo aquele que se submete ao seu Senhorio, tenha em si as marcas de quem anda com Ele e a Santidade é uma das principais atribuições, se não a principal atribuição do Senhor.

Deus deseja uma geração que seja exclusiva para si, separada para si, consagrada para si. E esse anseio do coração de Deus se revela em toda bíblia. É um cuidado da parte de Deus com os Seus escolhidos.

Deus é totalmente preocupado com seus filhos, e essa preocupação se revela em nós termos dEle a sua direção.
É impossível falarmos em Santidade e não falarmos em obediência e em fidelidade. Logo, surge diante de nós, a Santidade como um desafio de Deus para esta geração. Porque desafio? Porque por mais que Deus seja como um Pai preocupado com o melhor para os Seus filhos, Ele nos deu o livre arbítrio que faz com que sejamos aqueles que escolhem aceitar ou não essa sua cobertura. Não podemos confundir, Deus não é culpado das nossas atitudes, nem dos caminhos errados que escolhemos percorrer. Ele é alguém que nos oferece sempre a melhor opção através do seu Espírito Santo que habita em nós. Pv.16:1 – “o coração do homem traça planos, mas a reposta certa dos lábios, vem do Senhor”. Deus tem pra nós o escape, a saída, a solução, a resposta, a benção… agora, cabe a nós aceitarmos ou não, obedecermos ou não, sermos fiéis ou não.

Com tudo isso, entendemos que o primeiro clamor por Santidade é o de Deus, que deseja o melhor para os Seus filhos e apresenta esse estilo de vida como a maior segurança na vida do homem, haja o que houver.

Santidade é questão de decisão!

Dn.1:3-8 “ disse o rei a aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, assim da linhagem real, como dos nobres, jovens sem nenhum defeito, de boa aparência, instruídos em toda a sabedoria, doutos em ciência, e versados no conhecimento, e que fossem competentes para assistirem no palácio do rei; e lhes ensinasse a cultura e a língua dos caldeus. Determinou-lhes o rei a ração diária, das finas iguarias da mesa real, e do vinho que ele bebia, e que assim fossem mantidos por três anos, ao cabo dos quais assistiriam diante do rei. Entre eles se achavam dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel o de Beltessazar, a Hananias o de Sadraque, a Misael o de Mesaque e a Azarias o de Abede-Nego. Resolveu Daniel firmemente não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então pediu ao chefe dos eunucos que permitisse não contaminar-se.”.

Não há como falar em Santidade, separação, consagração, dedicação, obediência e fidelidade, sem falar de Daniel e seus amigos (Sadraque, Mesaque e Abede-nego).

Daniel é um exemplo forte e sua história se apresenta como uma das mais lindas no que diz respeito à dedicação a Deus. Pela decisão de não fazerem uso da comida do rei e não adorarem a imagem do rei, Daniel e seus três amigos revelaram um espírito tão firme, que se abriram oportunidades fantásticas para Deus mostrar seu poder em favor desses homens, como vemos ao longo de todo o livro de Daniel.

Vemos então que o segredo de uma vida santa e separada está em decidir firmemente. O corajoso comprometimento deles apresenta um grande desafio para nós cristãos, no sentido de não comprometermos nosso testemunho de Jesus Cristo. Embora isso possa significar uma prova de fornalha de fogo, a proteção e a libertação do Senhor estarão sempre presentes.

A Santidade, por nos aproximar de Deus, por ser agradável a Deus e totalmente desagradável ao inferno, abre portas para a manifestação poderosa de Deus. Os milagres acontecem, os livramentos deixam os inimigos perplexos. Tudo isso, porque a Santidade nos aproxima de Deus e o desejo do nosso coração se alinha ao desejo do coração de Deus que se realiza plenamente em nossas vidas e através das nossas vidas.

Mas esta geração tem se deparado muito mais com a Santidade-desafio, do que com a Santidade-benefício, isso porque sua escolha tem sido a errada. Diante de tudo o que esse mundo tem nos apresentado, temos não somente comido de suas iguarias, como temos nos assentado em sua mesa. O apelo desse mundo é forte demais, o anseio da nossa alma faz com que tudo que desejamos, seja para o nosso próprio prazer. Colocamos o nosso eu no centro como nossa prioridade e isto faz com que a Santidade se torne uma realidade distante nas nossas vidas, se torne o nosso grande desafio.

Está faltando nessa geração a visão do santo, a visão da glória pra nós reservada, a visão do Reino de Deus que chegou a nós. Está faltando nessa geração, amor pelo Deus que nos escolheu, nos tirou da terra do Egito. Falta amor por sua obra redentora…

Mas como o livre-arbítrio que nos foi dado, nos possibilita uma escolha, quero dizer que a Santidade-desafio pode ser vencida. Basta decisão e comprometimento com Deus, o que não é fácil, ou pensamos nós que comer legumes e água durante anos, enquanto os outros estão se deliciando com as mais saborosas iguarias e as melhores bebidas é algo fácil!!??? Claro que não!! Mas a decisão de honrar o Deus que eles serviam fazia a diferença em suas vidas, e que diferença!! Enquanto vivermos com os nossos olhos nessa vida na carne, seremos vencidos no desafio de sermos santos como Deus é santo. Porque a vida com Deus implica em renúncia do eu. Nós vemos isso em toda a bíblia! Adão e Eva perderam o melhor de Deus por causa do desejo de satisfazerem suas vontades pessoais. E muitos outros personagens da bíblia perderam em seus desafios, quando negociaram os princípios de Deus para satisfazerem suas próprias vontades. Hoje não é diferente! Santidade é o nosso desafio! É a maior prova de amor que podemos oferecer ao Senhor, porque um santo faz a vontade do Pai por completo e aí cumpre o ide, dá assistência aos necessitados, ministra cura, libertação aos cativos do diabo, da sua boca sai salvação e vida e todos os benefícios que com palavras é impossível descrever.

Santidade é o clamor do coração de Deus para o seu povo!!
Que seja a partir de agora o clamor do nosso coração, nossa maior prioridade!!
Ministre sobre sua cabeça, determine, decida firmemente no seu coração!!

Obedeça ao mandamento do Senhor: seja santo, porque Ele, o teu Criador, o teu Pai, o Deus que te fez a Sua imagem e semelhança é Santo.

Amém.

Por Henrique Gandra

Anúncios

Responses

  1. Que benção ! Mensagem linda!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: