Publicado por: adoradorblogueiro | maio 24, 2008

Seja específico!

O nosso Deus não demora, Ele simplesmente capricha! Amados do Senhor é com muita alegria que eu volto para escrever a vocês sobre as maravilhas que o nosso Paizão tem feito. Primeiro eu gostaria de relatar o que estava acontecendo comigo, como se fosse uma retrospectiva, assim vocês poderão entender melhor.

Numa manhã de domingo, houve um Batismo em nossa igreja, na Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra na Ilha do Governador/RJ. Uma cerimônia muito bonita, onde dessa vez estamos em uma segunda casa (mais gloriosa do que a primeira) e também estávamos com muitos irmãos em Cristo. Era uma verdadeira festa, pois estávamos nos unindo aos irmãos da SNT – Barra da Tijuca que vieram pra ficar conosco definitivamente. Depois do Batismo, houve um maravilhoso Buffet onde almoçamos e podemos nos confraternizar mais. E se você pensa que acabou por aí, está enganado, porque ainda tivemos uma Big Célula de Homens e Mulheres, com direito a mais comes e bebes ao término de cada uma delas. Por fim, tivemos o culto de celebração, uma bênção.

Naquele dia, exatamente naquela manhã, eu estava muito angustiado. Acredito que muitos já devem ter passado por isso; sabe quando você quer chorar, quer colocar tudo pra fora e não sente essa liberdade dentro de casa, ou em outro lugar que esteja por causa daqueles que estão em nossa volta? Eu estava assim. Durante o Batismo, foi muito difícil pra mim me concentrar em fotografar os melhores ângulos.

No dia anterior, no sábado de Arena Jov, logo na recepção da igreja eu me encontrei com a Caca (líder do ministério de dança Dansara), e como de costume nós nos abraçamos. Mas havia algo errado ali, o meu abraço não era mais o mesmo, então ela me olhou e eu fugi logo para não chorar na frente dela. Mas no dia seguinte, ao abraçá-la novamente, eu chorei. Estava sendo tão difícil pra mim, eu não conseguia nem chorar e muito menos falar. Em poucas palavras disse que estava a ponto de entregar os pontos, de desistir. Ela me consolou e eu tentei ficar bem.

Mas ainda não estava bem, sentia que existiam mais coisas a serem expostas, foi quando passeando pelo tempo, eu me encontrei com a Natália (componente do Min. de Louvor), ela veio me abraçar e quando a gente se olhou, eu não agüentei. Ali mesmo, eu comecei a chorar compulsivamente. Descemos um lance de escadas da igreja e ficamos sentados ali, compartilhei as minhas dores, os meus problemas, as minhas dúvidas, tudo o que me afligia. E ela foi tremendamente usada por Deus quando disse a mim: “Seja específico, coloca o que você realmente quer diante de Deus”. Ela não era a pessoa mais indicada para falar comigo sobre tal assunto, mesmo porque ela também estava enfrentando tamanha adversidade e se sentia fraca igual a mim. Mas como somos muito amigos, mais achegados que um irmão, aquele momento fez toda a diferença.

Depois deste episódio eu fui melhorando, me revigorando… Aconteceram muitas coisas, Deus falava comigo em coisas tão simples e ao pé do meu ouvido, Ele cantava: “Em tempos de guerra, nunca pare de lutar, não baixe a guarda, nunca pare de adorar…”. Não, não era a voz da Pastora Ludmila registrada em minha memória, mas era a voz dEle. E isso era tão forte, tão forte…

Mas se você pensa que acabou? Deus teve muito mais pra mim naquele dia. Ao longo daquele domingo eu acompanhava cada movimento do ministério de dança. Não, eles não estavam dançando, mas estava correndo, trabalhando, suando a camisa para arrecadar fundos para arcar com os gastos do ministério e poder inserir elementos ao mesmo. Meu Deus, eles estavam passando por tantas lutas, e aquilo moveu o meu coração. Na semana anterior eu havia recebi uma quantia de um processo contra uma operadora de celular e eu já tinha comigo a oferta especial daquela quantia e durante o culto, após eles dançarem, eu me juntei com eles formando um círculo, testemunhei o que estava sendo feito por Deus ali, e dei o que Deus havia mandado dar. Dei de coração e ainda disse que dali por diante, todo mês eu teria um compromisso de honrar este ministério com o que Deus colocar no meu coração. Ah, meus irmãos… Eles ficaram tão gratos, tão emocionados, aquilo valeu a pena. Depois eu fiquei sabendo das lutas mais a fundo e compreendi que era Deus movendo.

Quando o Senhor me levava de encontro a eles, eu falava com Ele que eu faria aquilo coração aberto, mas que Ele teria que se mover ao meu favor, mediante ao que estava no meu coração. Eu estava sendo específico, não é mesmo Naty? (risos). E ontem, ontem o Senhor Deus um grande livramento para minha mãe. Vindo pra casa, depois da célula, ela foi perseguida por um assaltante e consegui escapar entrando em um táxi e sendo deixada aqui, na porta de casa, inteira. Glória a Deus por isso.

E exausta desta situação, porque já não era a primeira vez, ela ligou para os seus pais e sua irmã, os quais são os donos desta cada, e desabafou. É bem longa todo o desenrolar deste acontecimento, mas Deus se moveu ao nosso favor. Daqui um mês, praticamente, estaremos de mudança. É o tempo necessário para consultarmos um avalista, colocar este imóvel numa imobiliária, arrumar um comprador e assim irmos morar em outro lugar.

O que me deixa em paz, irmãos, é que o Senhor já tem tudo providenciado. Tudo mesmo. Ele já sabe por quanto este imóvel será vendido, Ele sabe quem irá comprar, e sabe para onde iremos. Confie no Senhor, de todo coração, não apenas de palavras. Que Deus vos abençoe tremendamente, abundantemente, poderosamente, ricamente sete vezes mais!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: