Publicado por: adoradorblogueiro | maio 31, 2008

Não posso Te ver, mas posso Te tocar

Verdade seja dita, quanto estamos tristes a Palavra e a Oração sempre ficam para último plano. Pelo menos assim acontece comigo e com muitas pessoas que eu conheço. Sabemos o quão isto é errado. Mas como homens, falhos, que têm aquela mania do “jeitinho brasileiro”, nós tardando o curar de Deus em nossas emoções. Esta última semana pra mim foi muito difícil, eu passei por um momento frio, cinza, vazio, igualizinho a cidade do Rio de Janeiro neste dia de sábado.

Na última terça-feira, eu estive novamente no meu ortopedista para ver as radiografias da minha coluna e solucionar a lombalgia que eu tendo uma vez ou outra e também ser encaminhado para fazer RPG pra enfim solucionar também a minha escoliose. Desde 2001 eu venho lutando e buscando a cura deste mal na minha coluna. Como todos esses procedimentos exigem um custo muito grande, eu acabei tardando isso tudo. E infelizmente o meu ortopedista me diz que “pau que nasce torto nunca se endireita”. Disse também que a escoliose me acompanhará pro resto da minha vida e que sempre devo estar com um relaxante muscular e um antiinflamatório em mãos para amenizar as dores – sendo que o remédio demora horas pra começar a surtir em efeito. O que eu deveria ter feito naquele exato momento? Repreendido, e até falado para ele que pra minha coluna havia solução sim: Jesus Cristo, o Médico dos médicos. Mas o que eu fiz? Saí de lá com o coração triste. Já estava exausto pelo estresse de estar com muitos trabalhos na faculdade para fazer e aquele laudo médico me fez parar no tempo.

Quando eu voltei ao normal, quando voltei pra Terra, eu me tornei uma pessoa fria, mais calada ainda e triste. Não pensei em momento algum em abandonar a minha fé, em deixar de estar na igreja e em deixar de participar dos ministérios que faço parte, mas deixei de crer que Deus podia me curar, ou melhor, de que Ele queria me curar. Cheguei a falar deste assunto com duas ou três pessoas e todas elas tentaram me reerguer – uma delas até disse que sofria do mesmo mal, mas havia entregado todo nas mãos de Deus. Só que não foi o suficiente.

Interessante isso. Deus usa pessoas para te darem uma Palavra vinda dEle e você ainda quer mais, acha que aquilo foi muito pouco. E até você compreender que um ser que ao olho natural não é visível, O qual fez tudo por você e para você, usou a boca de outro ser humano, igual a você, pra te falar que Ele deseja falar, ia demorar muito. Então, Deus em sua infinita misericórdia fez comigo o que Ele fez com Elias. Elias estava em um quando de depressão após uma vitória (por causa das ameaças de Jezabel), e Deus enviou um anjo para lhe dar o de comer o de beber. Mas para Elias, aquilo foi muito pouco, então voltou novamente para os braços da depressão mais grave ainda. E como eu havia mencionado antes, Deus tomando por sua infinita misericórdia agiu com provisão naquela provação. Ele novamente enviou o anjo para dar-lhe de comer e beber e ainda mandou-lhe dizer: “Levanta-te e vá ao Meu encontro”. Que tremendo isso. Percebeu que Deus sempre tem uma onda maior para nós? Elias estava triste, Deus falou com Ele, e ele voltou a ficar MAIS triste. Elias estava triste NOVAMENTE, e Deus foi falar com Ele NOVAMENTE.

Isso nos ensina tantas coisas… Para cada provação, Deus tem uma provisão. Se o ataque é forte, Deus é o Todo-Poderoso. Se estivermos fracos e Deus nos revigorar e assim voltamos ao estado de fracasso mais intenso, Ele virá com mais vigor ainda. E qual foi este vigor que Deus acrescentou em mim com mais intensidade? Hoje estando na faculdade, eu me encontrei com a Julie – uma amiga e uma irmã em Cristo do “retété”. Ela me perguntou se estava tudo bem, e eu na minha sinceridade disse que não. Contei tudo para ela e na sua tranqüilidade disse coisas que eu já tinha ouvido antes, mas num tom de autoridade e numa unção de encorajamento que eu possa até ter ouvido antes, mas para aquele momento foi algo único. E depois de estar revigorado sete vezes mais, eu ganhei uma intercessora: ela mesma. Já que havia confessado que há um mês eu venho pedindo a Deus uma irmã de fogo pra me sustentar em oração e sempre me dar uma Palavra de encorajamento.

Percebeu o quanto Deus é fiel? Além de me revigorar mais de uma vez, me deu o que eu vinha pedindo. Deus tem aberto caminhos pra mim onde eu fico maravilhado com Suas mãos, as quais fazem milagres mesmo! Depois eu conto detalhadamente estas bênçãos. Quanto à coluna, farei o que a minha intercessora disse, vou agradecer por já estar curado.

Ah! Lembrei duas situações que acontecem muito conosco, e que devemos estar ligados nisso – é quase um espontâneo. Sabe quando gostamos muito de um louvor? Gostamos por causa da voz, da melodia, enfim… De alguma coisa que nela há, entende? Não se ligue nisso, embora seja agradável, se ligue na letra, no que Deus quer falar contigo e será bom, perfeito e agradável, porque essa é a Sua vontade para com você. E mais, sabe aquele Salmo que estamos exausto de ler? Aquele versículo que até um incrédulo sabe? Não o menospreze, porque é aquela Palavra que será renovada a cada dia no teu coração e quando você estiver em apuros, Deus falará ela ao pé de seu ouvido. Deus seja contigo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: